Conhecendo Budapeste (I)

segunda-feira, agosto 24, 2015


Eis que no meu terceiro dia em território Húngaro, eu esbarro com um amigo meu que morou na Inglaterra no último ano e que estudava comigo lá no Brasil, passeando em Budapeste. Ele se autodenomina viajante (turista não!), já conhecia bem a cidade e resolveu levar eu e minha amiga Nathali pra darmos uma voltinha nesse lugar encantador que mal tinha começado a roubar nosso coração de vez.
O Luiz (brigada, Luiz!) escolheu um roteiro que dava pra fazer todo de transporte público. Lá em Buda você pode escolher entre metrô, trem, tram (que é uma espécie de metrô de superfície) e ônibus. Tudo depende do seu itinerário, mas você chega onde quiser usando esses meios. Além disso, é super fácil e bem sinalizado, basta só você querer.

1) Hősök tere (Praça dos Heróis)


A praça abriga os monumentos mais famosos de Budapeste. Tanto nas enormes colunas que a cercam quanto no monumento central (Memorial do Milênio) existem estátuas de figuras importantes para a fundação da Hungria e a sua história de uma forma geral. Entre eles está Santo Estêvão, que é a figura mais importante do país. Dia 20 de Agosto se celebra, então, seu nome e a sua importância histórica.
Hősök tere fica bem do lado do museu de arte da Hungria (que eu não pude visitar ainda por falta de tempo) e do parque da cidade (que é lindo e eu não vejo a hora de fazer um piquenique por lá).




2) Castelo de Vajdahunyad / Parque da cidade


Em seguida, fomos andando até o  parque Városliget e alugamos um pedalinho por meia hora. Demos uma relaxada nesse lago, com vista pro castelo - que na verdade não é exatamente um castelo, porque foi construído apenas para a comemoração de mil anos da Hungria.
Tava muito calor nesse dia, então minha vontade mesmo era me jogar na água e não sair mais (por mais verde e não amigável que ela parecesse).





Dentro desse ¨castelo cenográfico¨ existem alguns prédios que eu não tive tempo de identificar o que exatamente eram. Também tinha uma Igrejinha que eu entrei pra ver e tentar demonstrar um pouco minha gratidão por toda essa experiência.




Não, eu não tirei uma foto do pânico, nem da morte nem de nada do tipo - por mais assustadora que essa estátua pareça. Ela é apenas uma homenagem a um escritor anônimo que, em seus manuscritos, contou a história da Hungria e se tornou um símbolo muito importante para o país. Ele morreu sem ser identificado, mas para que pudesse ser homenageado assim mesmo, criaram a estátua. Ela fica bem no parque da cidade, pertinho da entrada do museu agrícola.


Por falta de tempo, dividi meu post em duas partes, porque tem bastante foto e eu ainda quero deixar muita coisa registrada aqui. Me contem o que acharam e até a próxima.

Posts que você pode gostar também

12 comentários

  1. Oi
    Esse lugar parece ser lindo e é um lugar que eu quase não vejo as pessoas falarem
    espero que esteja aproveitando a viagem.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Que lugar lindo as fotos ficaram maravilhosas e que experiencia incrível participar do festival <33. Eu adorei seu blog e layout, parabéns!
    http://www.lenouveaugrunge.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu super amei..o post ficou ótimo..As fotos ficaram maravilhosas..parabéns..
    Beijos.
    http://danielamenezessilva2.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Que lugar maravilhoso, acho que nunca ouvi falarem dele na mídia ou em algum lugar na internet. Deu vontade de visitar <3

    www.luizlacks.com

    ResponderExcluir
  5. Ai meu Deus, que lindo!
    Acabei de visitar seu blog e ja me apaixonei hahaha super quero acompanhar essa sua aventura, tenho muita vontade de conhecer a Hungria também haha na verdade, conhecer o mundo inteiro!

    Beijos,
    rodoviadezenove.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, Gabriela! Tudo bem? Uau, Budapeste para ser linda! Só de ver essas fotos maravilhosas que você postou eu fiquei com muita vontade de conhecer esse ligar lindo! :) Adorei o post!

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/2015/08/resenha-premiada-johnny-bleas-um-novo.html <- Tá rolando promoção de "Johnny Bleas - Um Novo Mundo" lá no blog! ;)

    ResponderExcluir
  7. Quantos lugares lindos! Não conhecia quase nada de Budapeste, mas agora fiquei com muita vontade de visitar hehe. Vou aguardar a segunda parte!
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
  8. Oi, Gabriela!
    Que post maravilhoso <3 Eu sempre fico com mais vontade de conhecer os lugares menos comentados, mas isso é um problema quando vou pesquisar sobre eles. Seu blog é lindo e nos faz conhecer um lugar igualmente lindo e tão diferente! <3 Eu amo praças, adoraria visitar o primeiro lugar que você mostrou!

    Um beijo,
    Jen - www.umareescrita.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Nossa, que incrível <3. AMO viajar, mas ando em falta nesse quesito, quando eu li o título do post só lembrei da música Budapeste. Mas adorei tudo, desde as fotos até o lugar. Fiquei curiosa.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oláá!
    Nossa, que lugar maravilhoso *u*
    As fotos ficaram perfeitas.
    Beijos
    http://masenstale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Gabi, tudo bem?

    Nossa, que fotos maravilhosas! Meu namorado, que é alemão, foi para Budapeste há uns quatro ou cinco meses junto com um amigo dele que é da Turquia e eles amaram! Eu só não fui pq estava aqui no Brasil estudando! hahahahaha Vida triste!
    Aproveite bastante!!!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook - Participe do sorteio e concorra a um exemplar do livro Como Eu Era Antes de Você e a um lindo marcador de página pintado à mão! :)

    ResponderExcluir

Posts populares do blog

Curta no Facebook!

Subscribe